Atualize o seu browser.

Ao que parece, está a usar uma versão desatualizada do browser Microsoft Edge. Para ter a melhor experiência possível no website da Busch, atualize o seu browser.

Bombas de vácuo e compressores de anel líquido

rendering_dolphin_3_4_cut_300dpi_cmyk_isolated
thumbnail_liquid_ring_technology

Os cookies de marketing devem ser aceites para assistir a este vídeo.

Accept marketing-cookies

PRINCÍPIO DE FUNCIONAMENTO

Um impulsor montado em posição excêntrica roda no interior do corpo da bomba parcialmente cheio com o fluido operacional. As lâminas do impulsor mergulham no fluido e a força centrífuga exercida pela sua rotação forma um chamado anel líquido dentro do corpo.

O meio bombeado é transportado pelos espaços entre as lâminas e o anel líquido. A rotação excêntrica do impulsor altera o volume nestes espaços. Assim, o gás é aspirado, comprimido e expulso.

Nas versões de um estágio, a compressão é executada uma vez. Nas versões de dois estágios, o meio bombeado é novamente comprimido para permitir que sejam alcançados níveis de vácuo mais elevados.

Por norma, o fluido operacional é a água, mas podem usar-se outros líquidos se as condições de processo assim o requererem.

As bombas de vácuo de anel líquido podem ser operadas como um sistema de caudal contínuo simples ou como um sistema de recirculação parcial ou total. Também é possível a operação como compressor.

O nosso portfólio de bombas de vácuo e compressores de anel líquido

dolphin_lt_0170_a
DOLPHIN são bombas de vácuo e compressores de anel líquido robustos da Busch. Esta série conta com décadas de experiência no uso e desenvolvimento da tecnologia de anel líquido.

Descubra a nossa família de produtos DOLPHIN