Atualize o seu browser.

Ao que parece, está a usar uma versão desatualizada do browser Microsoft Edge. Para ter a melhor experiência possível no website da Busch, atualize o seu browser.

ÓLEOS E LUBRIFICANTES ORIGINAIS BUSCH

Confie nos óleos e lubrificantes originais Busch para as suas bombas de vácuo, ventiladores e compressores.

busch_oils_for_vacuum_pumps

O óleo é essencial. Para a geração de vácuo nas bombas de vácuo de palhetas rotativas lubrificadas a óleo. O óleo tem duas funções: a de contribuir para um ciclo de rotação suave, permitindo às palhetas que deslizem livremente; e a de vedar a câmara de compressão com eficácia.

No entanto, durante a operação, o óleo da bomba de vácuo é exposto a diversas fontes de contaminação. Por este motivo, vai perdendo a sua viscosidade ao longo do tempo, bem como todas as suas características benéficas.

A operação de uma bomba de vácuo com óleo de qualidade inferior e degradada irá reduzir o seu desempenho e encurtar a sua vida útil. Com a mudança regular do óleo e a utilização de óleos de alta qualidade fica assegurado o desempenho ideal da sua bomba de vácuo e o contínuo cumprimento dos requisitos do seu processo.

Por conseguinte, o segredo para manter as propriedades de viscosidade e lubrificação iniciais pelo máximo de tempo possível consiste numa fórmula sofisticada e perfeitamente equilibrada. Até as bombas de vácuo, os ventiladores e os compressores a seco precisam de óleo para as suas caixas de engrenagens, para evitar o desgaste prematuro e assegurar a operação suave, minimizando os níveis de ruído e vibrações.

Existem muitos lubrificantes. Mas apenas os lubrificantes originais da Busch são idealmente compatíveis com a sua bomba de vácuo, o seu ventilador ou compressor da Busch. E com a sua aplicação.

PORQUÊ ÓLEOS PARA BOMBAS DE VÁCUO ORIGINAIS DA BUSCH?

Obtenha o melhor desempenho

Os óleos e lubrificantes originais da Busch são o fruto de décadas de experiência. Em todas as áreas da geração de vácuo. Foram especialmente desenvolvidos para proporcionarem o desempenho ideal em termos de tempos de ciclo e pressão final. Independentemente da bomba de vácuo, do ventilador ou compressor que estiver a utilizar.

Prolongue a vida útil da sua bomba de vácuo

Apenas os óleos e lubrificantes originais da Busch asseguram um tempo de atividade muito elevado. Com desempenho estável ao longo do tempo. Nós testámo-los sob as condições mais adversas. Com milhares de clientes. Uma boa lubrificação reduz a fricção, aumenta a eficiência e contribui para intervalos de mudança mais longos.

Evite o risco de óleos "equivalentes"

Os óleos para bombas de vácuo publicitados como sendo "equivalentes" aos óleos e lubrificantes originais da Busch, muitas vezes, não oferecem o desempenho pretendido. Não há qualquer garantia de que os testes de qualidade ou desempenho tenham sido realizados de acordo com os padrões da Busch. Não arrisque. Encomende os seus óleos de substituição diretamente da Busch.

Óleos minerais

Desempenho comprovado. Para aplicações padrão e especiais.

A gama de óleos minerais da Busch inclui óleos minerais padrão económicos para aplicações e processos pouco exigentes, bem como óleos minerais especiais, altamente refinados, para aplicações de médio e alto vácuo.

Óleos sintéticos de qualidade alimentar para aplicações alimentares

Desempenho ideal. Para a indústria alimentar.

A indústria alimentar está sujeita a normas de higiene e segurança rigorosas, tais como a diretiva CE 93/43/CEE e FDA 21 CFR / conceito HACCP. Todos os óleos sintéticos de qualidade alimentar da Busch dispõem de certificado H1, o mais elevado padrão para óleos que ocasionalmente têm contacto direto com os alimentos.
  • busch_oil_vsa_032_100
    VSA 032–100

    Óleos sintéticos de qualidade alimentar originais da Busch

    Saber mais
  • busch_oil_vsb_032_100
    VSB 032–100

    Óleos sintéticos de qualidade alimentar originais da Busch

    Saber mais
  • busch_oil_vsl_032_100
    VSL 032–100

    Óleos sintéticos de qualidade alimentar originais da Busch

    Saber mais

Óleos e lubrificantes sintéticos

Desempenho ideal. Para processos exigentes.

Os óleos e lubrificantes sintéticos são adequados para aplicações exigentes com elevadas cargas de processamento (por ex., ácidos, químicos) e temperaturas de funcionamento mais altas. Devido à sua maior resistência, consoante a aplicação, a sua vida útil é até quatro vezes superior à de óleos minerais convencionais.

Lubrificantes PFPE especiais

Quimicamente inerte. Para aplicações exigentes.

Se o calor extremo, químicos agressivos, solventes, gases reativos ou afins causarem problemas ao seu processo, os lubrificantes PFPE da Busch são a solução certa para si. Especialmente nas aplicações superoxigenadas, com um teor de oxigénio de mais de 21%, ou com químicos corrosivos. Os nossos lubrificantes PFPE são completamente inertes e têm uma longa vida útil. Mesmo sob condições de funcionamento extremas. Em caso de contaminação, estes lubrificantes podem ser filtrados ou reprocessados por profissionais. Isto significa que podem ser reutilizados várias vezes antes de ser necessário renová-los.

VPA 032

Fluido operacional original da Busch

Saiba mais

FAQ

Qual é a função do óleo numa bomba de vácuo?

O óleo é essencial para a geração de vácuo em bombas de vácuo de palhetas rotativas lubrificadas a óleo. Ele tem várias funções: a lubrificação para redução da fricção e prevenção da abrasão, vedação de fendas mecânicas diminutas e, por conseguinte, aumentar a estanqueidade e assegurar a máxima eficiência de compressão, refrigeração para captar o calor gerado pelo movimento das peças móveis, o processo e a compressão e transportá-lo para o dissipador, libertando o calor para o ambiente, a fim de refrigerar adicionalmente a bomba. Até as bombas de vácuo, os ventiladores e os compressores a seco precisam de óleo para as suas caixas de engrenagens, para evitar o desgaste prematuro e assegurar a operação suave, minimizando os níveis de ruído e vibrações.

Posso usar óleos e lubrificantes genéricos na minha bomba de vácuo Busch?

A escolha do lubrificante certo tem uma enorme influência sobre os custos operacionais e o desempenho de uma bomba de vácuo, especialmente no que diz respeito ao caudal e à pressão final. Existem muitos lubrificantes. Mas apenas os óleos e lubrificantes originais da Busch asseguram a compatibilidade perfeita com a sua bomba de vácuo da Busch, graças à nossa vasta experiência nas aplicações de vácuo. Uma vez que os óleos genéricos não foram especificamente desenvolvidos para os nossos produtos, o desempenho e vida útil ideais da bomba de vácuo não podem ser assegurados.

É seguro usar óleos "equivalentes" na minha bomba de vácuo Busch?

Os óleos e lubrificantes originais da Busch para bombas de vácuo e ventiladores foram desenvolvidos e testados de acordo com os mais elevados padrões de qualidade. Evidentemente, satisfazem todos os padrões internacionais pertinentes, tais como CLP (EN 1272/2008) e REACH (EN 1907/2006). Assim fica garantida uma operação segura e fiável. No entanto, se a bomba de vácuo não tiver sido operada com o lubrificante correto, mas com um óleo equivalente, a garantia não cobre eventuais danos.

A aplicação tem influência sobre a escolha do óleo ou apenas o modelo da bomba de vácuo?

Para fornecer as propriedades de lubrificação ideais para a respetiva bomba de vácuo no processo de produção, o óleo tem de ser perfeitamente adaptado à aplicação e a uma variedade de influências ambientais específicas. Os óleos envelhecem mais rapidamente devido à exposição a temperaturas, à contaminação do processo (químicos, ácidos, pós, aerossóis), à abrasão mecânica, etc. Consequentemente, perdem as suas propriedades de lubrificação. Por conseguinte, a fórmula do óleo tem de ser perfeitamente adaptada a estes parâmetros. A Busch oferece uma vasta gama de óleos diferentes, para que possa sempre escolher o produto perfeito.

Qual é a diferença entre óleos e lubrificantes minerais e sintéticos de bombas de vácuo?

Os óleos minerais são adequados para as aplicações industriais básicas, como o bombeamento de ar e gases nobres, assim como pequenas quantidades de vapor de água. São apropriados para temperaturas de funcionamento baixas a moderadas. Os óleos sintéticos dispõem de melhores propriedades de viscosidade do que os óleos minerais e, por conseguinte, são mais apropriados para aplicações exigentes com elevadas cargas de processamento (por ex., ácidos, químicos) e temperaturas de funcionamento mais altas. Devido à sua maior resistência, consoante a aplicação, a vida útil dos óleos sintéticos é até quatro vezes superior à dos óleos minerais convencionais.

Existem requisitos especiais que os óleos de bomba de vácuo tenham de reunir para aplicações alimentares?

Os padrões relevantes em matéria de higiene na indústria alimentar são a diretiva CE 93/43/CEE e FDA 21 CFR, juntamente com o conceito HACCP (Hazard Analysis Critical Control Point – Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controlo). Todos os óleos sintéticos de qualidade alimentar da Busch dispõem de certificado H1, o mais elevado padrão para óleos que ocasionalmente têm contacto direto com os alimentos.

Com que frequência devo mudar o óleo da minha bomba de vácuo?

Isso depende da aplicação (contaminação do processo), do modo de operação, da condição da máquina e das condições ambientais. No manual de instruções da respetiva bomba de vácuo poderá encontrar uma recomendação geral. Embora os óleos possam ser armazenados por muito tempo (até quatro anos) sob condições ideais (vedado hermeticamente, com temperaturas estáveis de cerca de 20 °C, ao abrigo da luz solar direta), eles degradam-se mais rapidamente quando são utilizados numa bomba de vácuo, mesmo que esta não esteja em operação. Por conseguinte, para assegurar o desempenho e vida útil ideais da sua bomba de vácuo e dos seus componentes, recomendamos que efetue, pelo menos, duas mudanças de óleo por ano.

Como saber quando o óleo da minha bomba de vácuo tem de ser mudado?

Um bom indicador são as recomendações no manual de instruções das bombas de vácuo. O espessamento do óleo, isto é, um aumento da viscosidade original, é um sinal claro de óleo degradado. Idealmente, o óleo deve ser mudado antes de ficar demasiado espesso. É um equívoco geral assumir que a cor é o indicador principal do desgaste do óleo. No entanto, regra geral, é normal o óleo mudar de cor e não representa automaticamente um indicador de óleo de qualidade inferior ou desgastado. Sobretudo, a luz UV provoca uma mudança significativa da cor original do óleo. Pode ser um indicador de que o óleo está queimado ao ser exposto a temperaturas fora do intervalo de temperaturas previsto, ou que reage de forma agressiva a contaminação, mas é muito difícil detetar isso a olho nu. Uma mudança no comportamento da bomba de vácuo também pode apontar para óleo desgastado: alterações na pressão final, diminuição do caudal/tempo de bombeamento ou aumento dos níveis de ruído ou vibrações.

O que acontece se não mudar o óleo da minha bomba de vácuo regularmente?

O desempenho da sua bomba de vácuo começará por se deteriorar gradualmente: pressão final pior, tempos de bombeamento mais longos, níveis de ruído e vibrações mais elevados. Além disso, à medida que a proteção anticorrosão das peças de metal piora, a abrasão e o desgaste aumentam. Se o óleo se decompuser excessivamente e a viscosidade aumentar a temperaturas baixas, poderão começar a ocorrer problemas, uma vez que o óleo já não consegue fluir pela secção transversal dos tubos por estar espesso. Se o motor ainda tiver potência suficiente para arrancar e os acoplamentos ainda conseguirem suportar a carga, o consumo energético aumentará.

Como identificar óleos e lubrificantes de bomba de vácuo originais da Busch?

Se comprar os seus óleos e lubrificantes numa empresa de vendas da Busch no seu país ou num distribuidor autorizado, pode ter a certeza de que vai receber um produto original. Certifique-se de que o fecho inviolável e o vedante estão intactos. Por outro lado, os óleos originais da Busch possuem um código e número de rastreamento de lote. Se estes não constarem da etiqueta, pode não se tratar de um produto original da Busch. Se encontrar um código e número de rastreamento de lote no seu produto e, mesmo assim, não tiver a certeza, envie-nos o número de lote para o verificarmos.

Como mudar o óleo da minha bomba de vácuo?

Consulte o respetivo manual de instruções da sua bomba de vácuo com instruções passo a passo detalhadas. O manual de instruções pode ser descarregado das respetivas páginas do produto no nosso website.

Quem é que me pode ajudar a mudar o óleo das minhas bombas de vácuo?

Os nossos técnicos de serviço no mundo inteiro terão todo o gosto em ajudar. Basta contactar o seu centro de serviço Busch mais próximo. [Link]

Os óleos para bombas de vácuo têm algum limite de vida útil?

Os óleos para bombas de vácuo originais da Busch têm uma vida útil de até quatro anos a partir da data de produção, desde que mantidos nos recipientes originais nas condições de armazenamento recomendadas:

  • local de armazenamento seco e limpo
  • temperatura ambiente entre 0 e 40 °C
  • humidade relativa do ar < 70%, evite a condensação de humidade no recipiente
  • abrigado da luz solar direta (especialmente importante no caso de recipientes de plástico)
  • mantenha o recipiente vedado hermeticamente
  • impeça a infiltração de substâncias estranhas no recipiente

Posso usar qualquer tipo de óleo para todas as bombas de vácuo?

Não, o óleo adequado depende da bomba de vácuo e da aplicação. Consulte o respetivo manual de instruções da sua bomba de vácuo ou contacte o seu centro de serviço Busch mais próximo. Os nossos especialistas terão todo o gosto em ajudar na escolha do óleo ou lubrificante correto.

Também posso usar óleos de bomba de vácuo Busch em bombas de vácuo de outras marcas?

De um modo geral, sim, também as bombas de vácuo de outras marcas podem beneficiar das vantagens dos óleos e lubrificantes originais da Busch. O óleo tem de ser escolhido individualmente para a respetiva marca e aplicação. Para não ter problemas, a garantia oferecida pelos fabricantes das outras marcas de bombas de vácuo já deverá ter expirado. Uma vez que a Busch desconhece as especificações exatas e não tem quaisquer dados de teste sobre a compatibilidade do material com os componentes instalados, não podemos dar qualquer garantia. Assim, a adequabilidade para essa utilização tem de ser determinada de forma empírica.