Atualize o seu navegador.

Parece que você está usando uma versão antiga do navegador Microsoft Edge. Atualize o seu navegador para obter a melhor experiência com o website da Busch.

Fig. 1: A bomba de vácuo de garras MINK MV como unidade móvel com um vaso de vácuo sendo utilizada em três dispositivos de retenção para a colagem de peças de plástico. Fonte: Busch Vacuum Solutions.

Fixação perfeita com tecnologia de vácuo moderna

Ernst Hombach GmbH & Co. KG

A Ernst Hombach GmbH & Co. KG encontrou a solução perfeita para a fixação de peças de plástico durante a colagem. Há mais de dois anos que a empresa tem usado uma bomba de vácuo de garras MINK MV móvel da Busch Vacuum Solutions para fixar com precisão várias peças de plástico em dispositivos de fixação e retenção, para que elas possam ser ligadas por colagem. O destaque desta solução é que a bomba de vácuo é montada em um vaso de vácuo e controlada por frequência. Assim, ela fornece a potência necessária dependendo da demanda, independentemente se uma ou três peças precisam ser fixadas nos dispositivos de retenção. Isso torna a colagem de peças extremamente flexível, eficaz e eficiente.

Sobre a Ernst Hombach GmbH & Co. KG

Com 130 funcionários, a Ernst Hombach em Uehlfeld, na região da Francônia, fabrica produtos de plástico que vão desde peças individuais de alta qualidade até componentes pré-fabricados produzidos em massa para tecnologia médica, veículos ferroviários e muitos outros setores. A empresa foi fundada em 1947 por Ernst Hombach. Apenas luminárias eram fabricadas nos primeiros anos, mas, na década de 1960, Ernst Hombach se envolveu com a termoformagem a vácuo e revolucionou o processo com o desenvolvimento da formação de chapas duplas em câmara fechada. Com este processo, é possível realizar a termoformagem de duas placas termoplásticas simultaneamente em um molde superior e inferior, permitindo produzir corpos ocos em uma única operação. Atualmente, a tecnologia de chapa dupla é usada, entre outras coisas, para produzir revestimentos para máquinas ou equipamentos na tecnologia médica, como carcaças para equipamentos de ressonância magnética (Fig. 2). A Hombach pode oferecer aos seus clientes praticamente todas as etapas da produção, desde o conceito até a produção em série – desde o design, a construção e a criação de protótipos até a termoformagem, o processamento adicional, a pré-montagem e o acabamento. Com razão, o diretor executivo Timo Tobolla se considera um fornecedor de sistemas para seus clientes.

Fixação de peças de plástico com a ajuda do vácuo

As peças termoformadas individuais são coladas em um pavilhão de produção separado. Neste processo, as peças de plástico individuais são fixadas em um dispositivo de retenção sob vácuo e ligadas a outros componentes por colagem. Devido ao elevado nível de precisão necessário para essas colagens, é indispensável que as peças sejam fixadas de forma segura e precisa. Para isso, no passado era usada uma bomba de vácuo lubrificada a óleo, que era colocada sobre um palete nas respectivas estações de trabalho e à qual era possível conectar um máximo de dois dispositivos de retenção de cada vez. A desvantagem desta solução era a falta de flexibilidade do sistema. Além disso, a bomba de vácuo sempre operava à velocidade máxima e, portanto, tinha um consumo de energia desnecessariamente alto. Outro ponto é que a bomba de vácuo era relativamente barulhenta, o que causava irritação na operação diretamente próxima às estações de trabalho.

Solução flexível da Busch para a fixação de peças de plástico

Depois de consultar um especialista em vácuo da Busch Vacuum Solutions, o especialista ofereceu uma solução sob medida para estas exigências: uma bomba de vácuo de garras MINK MV. Esta bomba de vácuo não requer óleo como fluido de operação. Por isso, ela funciona totalmente seco e sem contato. Tudo isso faz com que seja quase livre de manutenção: sem troca de óleo, sem troca de filtro, sem peças de desgaste.

A MINK MV é equipada com controle da frequência por padrão. Isso significa que a bomba de vácuo pode ser programada para definir um nível de vácuo específico necessário para a fixação das peças. A bomba de vácuo adapta seu desempenho aos respectivos requisitos. Por exemplo, se o vácuo necessário for aplicado a um dispositivo de retenção, a bomba reduz a velocidade de rotação até parar. Se um segundo dispositivo de retenção for conectado, o vácuo também é imediatamente aplicado ali pelo acumulador no vaso de vácuo. Se a pressão no vaso de vácuo subir acima do nível programado, a bomba de vácuo começa a reduzir automaticamente e mantém a pressão novamente através da velocidade de rotação.

A bomba de vácuo de garras MINK MV é instalada juntamente com o vaso de vácuo para formar uma unidade compacta e móvel (Fig. 1) que pode ser facilmente movimentada para as respectivas estações de trabalho. Para Timo Tobolla, a principal vantagem desta solução é o consumo consideravelmente menor de energia com a MINK MV. Além disso, em vez dos dois dispositivos de retenção usados no passado, agora é possível operar três dispositivos simultaneamente sob vácuo. Além disso, os trabalhos de manutenção regulares necessários até então, além de seus custos associados, deixaram de ser necessários.
“O manuseio do novo suprimento de vácuo também é muito mais fácil e, acima de tudo, a nova bomba de vácuo é mais silenciosa do que a bomba de vácuo usada anteriormente.“
Timo Tobolla, Diretor Executivo