Atualize o seu navegador.

Parece que você está usando uma versão antiga do navegador Microsoft Edge. Atualize o seu navegador para obter a melhor experiência com o website da Busch.

ÓLEOS E LUBRIFICANTES GENUÍNOS BUSCH

Aposte em óleos e lubrificantes genuínos da Busch para suas bombas de vácuo, sopradores e compressores.

busch_oils_for_vacuum_pumps

O óleo é essencial para a geração de vácuo em bombas de vácuo de palhetas rotativas lubrificadas a óleo. O óleo desempenha uma função dupla: por um lado, um ciclo de rotação suave, permitindo que as palhetas deslizem livremente. Por outro lado, uma vedação eficiente da câmara de compressão.

No entanto, durante a operação, o óleo da bomba de vácuo é exposto a diversas fontes de contaminação. Assim, ele perde a viscosidade ao longo do tempo, juntamente com todas as suas características benéficas.

Operar uma bomba de vácuo com óleo inferior degradado reduz seu desempenho e encurta seu ciclo de vida. Uma troca regular do óleo e o uso de óleos de alta qualidade garantem que sua bomba de vácuo tenha um desempenho ideal e continue atendendo às exigências do processo.

Por isso, uma fórmula sofisticada e perfeitamente balanceada é o segredo para manter as propriedades originais de viscosidade e lubrificação durante o máximo tempo possível. Até mesmo as bombas de vácuo a seco, sopradores e compressores precisam de óleo para suas engrenagens, a fim de evitar o desgaste precoce e garantir uma operação suave com baixos níveis de ruído e vibração.

Existem diversos lubrificantes. Mas apenas os lubrificantes originais da Busch são a escolha perfeita para sua bomba de vácuo, soprador ou compressor da Busch. E também para a sua aplicação.

POR QUE USAR ÓLEOS DE BOMBA DE VÁCUO GENUÍNOS DA BUSCH?

Obtenha o melhor desempenho

Os óleos e lubrificantes genuínos da Busch são o resultado de décadas de experiência. Em todas as áreas da geração de vácuo. Eles foram desenvolvidos especificamente para atingir o desempenho máximo em termos de tempos de ciclo e pressão final. Não importa qual bomba de vácuo, soprador e compressor você esteja usando.

Prolongue a vida útil da sua bomba de vácuo

Apenas os óleos e lubrificantes genuínos da Busch garantem uma muito alta disponibilidade. Com um desempenho estável ao longo do tempo. Eles foram testados sob as mais extremas condições. Com milhares de clientes. Uma boa lubrificação reduz a fricção, aumenta a eficiência e possibilita intervalos de troca prolongados.

Evite o risco de óleos "equivalentes"

Os óleos de bomba de vácuo que são anunciados como "equivalentes" aos óleos e lubrificantes genuínos da Busch frequentemente não proporcionam o desempenho desejado. Não há nenhuma garantia de que eles passaram por testes de qualidade ou desempenho em conformidade com os padrões da Busch. Não se arrisque. Encomende os seus óleos para troca diretamente com a Busch.

Óleos minerais

Desempenho comprovado. Para aplicações padrão e especiais.

A gama de óleos minerais da Busch inclui óleos minerais padrão com boa relação custo-benefício para aplicações e processos menos exigentes, assim como óleos minerais especialmente e altamente refinados para aplicações de médio e alto vácuo.

Óleos de qualidade alimentar sintéticos para aplicações alimentícias

Ótimo desempenho. Ideal para a indústria alimentícia.

Regulamentos rígidos de higiene e segurança são aplicados na indústria alimentícia, como a Diretriz CE 93/43/CEE, a FDA 21 CFR e conceito HACCP. Todos os óleos de qualidade alimentar sintéticos originais da Busch possuem certificado H1, o mais alto padrão para óleos com contato direto ocasional com alimentos.
  • busch_oil_vsa_032_100
    VSA 032–100

    Óleos de qualidade alimentar sintéticos originais da Busch

    Saiba mais
  • busch_oil_vsb_032_100
    VSB 032–100

    Óleos de qualidade alimentar sintéticos originais da Busch

    Saiba mais
  • busch_oil_vsl_032_100
    VSL 032–100

    Óleos de qualidade alimentar sintéticos originais da Busch

    Saiba mais

Óleos e lubrificantes sintéticos

Ótimo desempenho. Para processos exigentes.

Os óleos e lubrificantes sintéticos são adequados para aplicações exigentes com cargas de processo maiores (por ex., ácidos, produtos químicos) e temperaturas de operação mais altas. Devido à sua maior resistência, eles oferecem uma vida útil até quatro vezes mais longa do que os óleos minerais convencionais, dependendo da aplicação.

Lubrificantes PFPE especiais

Quimicamente inertes. Para aplicações exigentes.

Se calor extremo, produtos químicos agressivos, solventes, gases reativos ou similares causam problemas no seu processo, os lubrificantes PFPE da Busch são a solução para você. Especialmente em aplicações superoxigenadas, com um teor de oxigênio de mais de 21%, ou com produtos químicos corrosivos. Nossos lubrificantes PFPE são completamente inertes e têm vida útil longa. Mesmo sob condições operacionais extremas. Em caso de contaminação, estes lubrificantes podem ser filtrados ou reprocessados profissionalmente. Isso significa que eles podem ser reutilizados várias vezes antes que um novo enchimento seja necessário.

Perguntas frequentes

Qual é a função do óleo numa bomba de vácuo?

O óleo é essencial para a geração de vácuo em bombas de vácuo de palhetas rotativas lubrificadas a óleo. Ele desempenha várias funções: lubrificação para reduzir a fricção e prevenir a abrasão, vedação para fechar pequenas folgas mecânicas e, consequentemente, aumentar a estanqueidade, garantindo o máximo em eficiência de compressão, resfriamento para armazenar o calor de peças móveis, processo e compressão e transportá-lo para o dissipador e liberar o calor no ambiente, resfriando a bomba adicionalmente. Até mesmo as bombas de vácuo a seco, sopradores e compressores precisam de óleo para suas engrenagens, a fim de evitar o desgaste precoce e garantir uma operação suave com baixos níveis de ruído e vibração.

Posso usar óleos e lubrificantes genéricos na minha bomba de vácuo Busch?

A escolha do lubrificante certo influencia muito os custos operacionais e o desempenho de uma bomba de vácuo, especialmente em relação à velocidade de bombeamento e à pressão final. Existem diversos lubrificantes. No entanto, apenas os óleos e lubrificantes originais da Busch garantem o funcionamento perfeito da sua bomba de vácuo Busch, graças aos nossos muitos anos de experiência em aplicações de vácuo. O desempenho ideal e a vida útil da bomba de vácuo não podem ser garantidos com óleos genéricos, já que eles não foram desenvolvidos especialmente para os nossos produtos.

É seguro utilizar óleos "equivalentes" na minha bomba de vácuo Busch?

Os óleos e lubrificantes originais da Busch para bombas de vácuo e sopradores foram desenvolvidos e testados conforme os mais altos padrões de qualidade. Obviamente, eles cumprem todas as normas internacionais relevantes, como a CLP (EN 1272/2008) e REACH (EN 1907/2006). Isso garante uma operação segura e confiável. No entanto, se a bomba de vácuo não for operada com o lubrificante correto, mas com um óleo equivalente, não há garantia caso ocorram danos.

A aplicação tem alguma importância na escolha do óleo ou apenas o modelo da bomba de vácuo?

Para garantir as propriedades de lubrificação ideais para a respectiva bomba de vácuo no processo de produção, o óleo deve ser perfeitamente adequado para a aplicação e uma variedade de influências ambientais específicas. O envelhecimento do óleo é mais rápido devido à exposição à temperatura, contaminação do processo (substâncias químicas, ácidos, poeiras, aerossóis), abrasão mecânica, etc. Como resultado, suas propriedades de lubrificação são perdidas. Por isso, a fórmula do óleo deve ser adaptada perfeitamente para esses parâmetros. A Busch oferece uma ampla gama de óleos diferentes, para que você sempre possa fazer a escolha perfeita.

Qual é a diferença entre os óleos e lubrificantes minerais e sintéticos para bombas de vácuo?

Os óleos minerais atendem a aplicações industriais básicas, como o bombeamento de ar e gases nobres, assim como pequenas quantidades de vapor de água. Eles são adequados para temperaturas de operação baixas a moderadas. Os óleos sintéticos oferecem propriedades de viscosidade melhores do que os óleos minerais e, por isso, são adequados para aplicações mais exigentes com cargas de processo maiores (por ex., ácidos, produtos químicos) e temperaturas de operação mais altas. Devido à resistência maior, os óleos sintéticos têm vida útil até quatro vezes mais longa do que os óleos minerais convencionais, dependendo da aplicação.

Existem exigências especiais para óleos de bomba de vácuo para aplicações alimentícias?

As normas relevantes para a higiene na indústria alimentícia são a Diretriz CE 93/43/CEE e a FDA 21 CFR em combinação com o conceito HACCP (Análise dos perigos e pontos críticos de controle). Todos os óleos de qualidade alimentar sintéticos originais da Busch possuem certificado H1, o mais alto padrão para óleos com contato direto ocasional com alimentos.

Com qual frequência devo trocar o óleo da minha bomba de vácuo?

Isso depende da aplicação (contaminação do processo), do modo de operação, das condições da máquina e das condições ambientais. No manual de operação da respectiva bomba de vácuo você encontra recomendações gerais. Apesar de ser possível armazenar o óleo durante muito tempo (até quatro anos) sob condições ideais (vedado hermeticamente, temperatura estável de cerca de 20 °C, sem exposição à luz solar direta), sua degradação é mais rápida quando é usado em uma bomba de vácuo, mesmo se ela não estiver em operação. Por isso, para o desempenho e vida útil ideais da sua bomba de vácuo e seus componentes, recomendamos trocar o óleo pelo menos duas vezes ao ano.

Como posso saber quando o óleo da minha bomba de vácuo precisa ser trocado?

Uma boa indicação é seguir as recomendações do manual de operação da bomba de vácuo. Um sinal claro de óleo gasto é quando ele engrossa, ou seja, a viscosidade original aumenta. O ideal é que o óleo seja trocado antes de engrossar demais. Um equívoco geral é que a cor é o sinal definitivo de um óleo gasto. No entanto, uma mudança na cor não é incomum e não é imediatamente um sinal de qualidade inferior ou óleo gasto. A luz ultravioleta, em particular, faz com que o óleo mude significativamente sua cor original. Isso pode ser um sinal de que o óleo é queimado quando exposto a temperaturas fora da faixa de temperaturas desejada ou de que ele reage agressivamente à contaminação, mas é muito difícil identificar isso visualmente. Uma mudança no comportamento da bomba de vácuo também pode indicar um óleo gasto: mudanças na pressão final, diminuição da velocidade de bombeamento/do tempo de bombeamento ou aumento dos níveis de ruído ou vibração.

O que acontece se eu não trocar o óleo da minha bomba de vácuo regularmente?

Em primeiro lugar, o desempenho da bomba de vácuo é afetado gradualmente: a pressão final piora, os tempos de bombeamento aumentam, os níveis de ruído e vibração aumentam. Além disso, a abrasão e o desgaste aumentam enquanto a proteção contra a corrosão das peças de metal diminui. Se o óleo se decompuser demais e a viscosidade aumentar em combinação com baixas temperaturas, isso pode levar a problemas de partida do motor, pois o óleo não pode mais fluir através da seção transversal dos tubos por estar espesso. Se o motor ainda tiver potência suficiente para dar partida e os acoplamentos ainda puderem suportar a carga, o consumo de energia aumentará.

Como posso identificar óleos e lubrificantes da bomba de vácuo originais da Busch?

Ao comprar seus óleos e lubrificantes de uma empresa de vendas da Busch no seu país ou de um distribuidor licenciado, você poderá ter certeza de que está adquirindo um produto original. Certifique-se de que o fecho inviolável e o lacre estão intactos. Além disso, os óleos originais da Busch têm um código e um número de rastreamento de lote. Se a etiqueta não apresentar esta informação, o produto pode não ser um produto original da Busch. Se você encontrar um código e um número de rastreamento de lote no seu produto e ainda não tiver certeza, nos encaminhe o número de lote para verificarmos.

Como posso trocar o óleo da minha bomba de vácuo?

Consulte o manual de operação relativo à sua bomba de vácuo com instruções passo a passo detalhadas. Você pode baixar o manual de operação nas respectivas páginas de produtos no nosso site.

Quem pode me ajudar a trocar o óleo das minhas bombas de vácuo?

Nossos técnicos de serviço no mundo todo terão prazer em ajudar você. Basta entrar em contato com o seu centro de serviço Busch mais próximo. [Link]

O óleo da bomba de vácuo tem prazo de validade limitado?

Os óleos de bomba de vácuo originais da Busch têm prazo de validade de até quatro anos a partir da data de produção, se armazenados nos contêineres originais e sob as condições de armazenamento recomendadas:

  • espaço de armazenamento seco e limpo
  • temperatura ambiente entre 0 e 40 °C
  • umidade do ar < 70%, evitar a condensação de umidade no contêiner
  • sem exposição direta à luz do sol (importante especialmente para contêineres de plástico)
  • contêiner deve ser mantido vedado hermeticamente
  • evitar a entrada de substâncias estranhas no contêiner

Posso usar um tipo de óleo para todas as bombas de vácuo?

Não, o óleo adequado depende da bomba de vácuo e da aplicação. Consulte o respectivo manual de operação da sua bomba de vácuo ou entre em contato com o centro de serviço Busch mais próximo. Nossos especialistas terão prazer em ajudar você a selecionar o óleo ou lubrificante adequado.

Posso usar os óleos de bomba de vácuo Busch também em bombas de vácuo de terceiros?

Basicamente, sim, você também pode aproveitar as vantagens dos óleos e lubrificantes genuínos da Busch para suas bombas de vácuo de terceiros. O óleo deve ser escolhido especificamente para a respectiva marca e aplicação. O ideal é que a bomba de vácuo de terceiros já esteja fora da garantia. Como a Busch não conhece as especificações exatas e como não temos os dados de teste sobre a compatibilidade do material com os componentes instalados, não podemos oferecer garantia, sendo que a adequação para o uso deve ser determinada empiricamente.